Brasil Júnior

  • 2510+HITS

Como os princípios de startups podem ajudar a alavancar seus resultados - GEPEA (Parte 1)

Todas as empresas sonham em bater as suas metas, certo? E quando isso acontece em muito menos do que a metade do ano? Com certeza, é um exemplo a ser seguido. Por isso, hoje trouxemos a história do GEPEA. Você já ouviu falar neles, certo? Vem começar a entender o que eles fizeram para serem uma empresa júnior de cluster 1 com faturamento e número de projetos de Cluster 5!

Quando pensamos em startups, logo pensamos naquelas empresas totalmente disruptivas que usam da tecnologia para solucionar problemas reais do dia-a-dia de milhões de pessoas e que, na maioria das vezes, atuam por um aplicativo no seu celular, tornando-se extremamente escaláveis.

Existem várias definições para StartUps, alguns defendem ser o estágio em que uma empresa se encontra, outros dizem que são empresas com alto potencial de escalabilidade por meio da tecnologia, mas também há quem diga que StartUp é um lifestyle, ou seja, uma maneira de ser, pensar e agir e é esta última definição que mais se aplicou ao dia-a-dia do GEPEA, Empresa Júnior de Engenharia de Alimentos da UNICAMP, tornando possível uma transformação radical em uma empresa júnior de 27 anos, voltando assim, a gerar grandes impactos.

ENTENDENDO O PROBLEMA

O GEPEA foi fundado em 1990 e, lá atrás, ajudamos a fundar a primeira Federação do Brasil, a FEJESP, e a expandir o Movimento, disseminando o conceito empresa júnior. Ao longo desse tempo, a rede evoluiu muito enquanto que o GEPEA, depois de algumas oscilações, se manteve estagnado nos últimos anos e, apesar de nunca termos deixado a rede, passamos a participar cada vez menos.

Desde o começo, contratávamos pessoas da faculdade para realizarem os nossos projetos, atuando apenas como link entre os clientes e essas pessoas, o que fazia com que os membros se desenvolvessem apenas na parte de gestão e não conseguissem colocar na prática o que aprendiam na sala de aula. Assim, não estávamos conseguindo proporcionar uma vivência empresarial completa há algum tempo.

Diante desse cenário e da percepção de que tínhamos uma grande demanda de clientes que não estava sendo atendida da melhor maneira possível, pois, quando encontrávamos alguém que pudesse executar o projeto proposto, muitas vezes entregávamos um serviço e não a real solução que o empreendedor precisava para conseguir alavancar seu negócio.

Nesse contexto, começamos a executar os projetos internamente, uma mudança enorme na nossa história, visto que passamos 27 anos terceirizando a execução destes. Nascia então uma nova empresa, com um enorme potencial de crescimento, visto todo nosso cenário, o começo de uma transformação, que para dar certo precisaria mudar a nossa maneira de pensar e agir, para que causássemos ainda mais impacto na sociedade.

Sabendo disso e conhecendo sobre startups e organizações exponenciais, trouxemos para nossa realidade alguns de seus princípios que nos ajudaram a estarmos com esses números incríves!

Bateu uma curiosidade, certo? Fica ligado amanhã às 18h aqui no Portal da Brasil Júnior que vamos contar o resto dessa história incrível, garanto que vocês irão aprender muito!! Afinal de contas, já imaginou crescer mais de 300% em seis meses? Não perca.